Georgeo: “o Governo precisa respeitar os policiais e bombeiros militares”

Georgeo pede ao Governo informações sobre cortes de despesas no Huse
20 de maio de 2019
Alese aprova Projeto de Lei que cria Semana Estadual do Idoso
22 de maio de 2019
Exibir tudo

Georgeo: “o Governo precisa respeitar os policiais e bombeiros militares”

O deputado estadual Georgeo Passos, Cidadania, usou o grande expediente da sessão plenária desta terça-feira, 21, para levar à tribuna dois temas importantes para os policiais e bombeiros militares: a Lei Complementar 310/2018 – que garantia reajustes para aqueles que cumpriram 30 anos de serviço –, e o auxílio alimentação pago pelo Governo.

A LC 310 teve seu efeito suspenso no mês passado após decisão do Tribunal de Contas do Estado. Georgeo informou que nos últimos dias a Procuradoria Geral do Estado emitiu um parecer dizendo que o Governo deveria cumprir a medida e não pagar o reajuste ao final deste mês. “Contudo, a PGE colocou a decisão para o governador Belivaldo”, explicou o parlamentar.

“Eles referendaram a decisão do TCE, mas passaram a bola para o governador decidir se paga ou não. Fica aqui a nossa preocupação, pois tudo indica que os militares não vão receber o que essa Casa aprovou. Eles terão que aguardar mais um tempo ou terão que ingressar na Justiça para ter seu direito respeitado”, lamentou Georgeo.

O deputado lembrou que o Tribunal de Contas utilizou como justificativa para barrar o reajuste aos militares, o impacto que isso causaria na Previdência Estadual – algo em torno de R$ 3 milhões. Mas Georgeo destacou que os recentes aumentos ofertados aos desembargadores do Tribunal de Justiça, membros do MP e até mesmo reajuste salarial do governador do Estado terão consequência semelhante.

“Esses aumentos tiveram impacto no Sergipeprevidência em quase R$ 3 milhões. Mas nisso o TCE não se manifestou ou viu problema”, alfinetou. Georgeo completou analisando que essa situação põe em cheque a validade do que a Assembleia aprova. “Será mesmo que as leis que esta Casa aprova tem validade? Afinal, se o aumento dos militares é um problema, para os poderosos não deveria valer também”, censurou.

Auxílio refeição

O deputado Georgeo Passos também criticou o auxílio refeição pago pelo Governo aos policiais e bombeiros militares, que hoje é de apenas R$ 8. O parlamentar apresentou um vídeo feito pela Única (União da Categoria Associada) expondo a difícil situação diária enfrentada por esses profissionais para se alimentar.

“São pessoas que estão na linha de frente para defender a população e que não tem o direito de comer de forma digna”, argumentou. Georgeo então fez um desafio ao governador Belivaldo Chagas: “Com R$ 8 reais, será que ele consegue almoçar em algum restaurante da cidade? Fica aqui o nosso repúdio a esse pensamento do Governo em não prestigiar os militares”, finalizou o deputado.

Daniel Soares
Daniel Soares
Jornalista da equipe de Assessoria de Comunicação do Deputado Georgeo Passos. DRT 1806. Contato: (79) 99802-2490.