single-post

Alese realiza sessão especial em homenagem aos 70 anos do Sesc

12/09/2016

Nesta terça-feira, dia 13 de setembro, o Serviço social do Comércio ? Sesc ? irá completar 70 anos de existência. Para celebrar a data, a Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe ? Alese ? irá realizar uma sessão especial em homenagem à instituição, a partir das 11h da manhã.
A sessão é de autoria do deputado estadual Georgeo Passos (PTC). Uma vez que o parlamentar se encontra em período de licença, o discurso em homenagem será feito pelo deputado Gilson Andrade (PTC).
Estão previstas as presenças de Hugo Lima França, presidente em exercício da Federação do Comércio do Estado de Sergipe ? Fecomercio/SE ? e de Adely Carneiro, diretora regional do Sesc, além de diretores e colaboradores da instituição.
História
O Sesc foi criado em 13 de setembro de 1946 como uma instituição destinada a promover uma vida mais digna aos trabalhadores do comércio e seus dependentes. A ideia era oferecer ações que pudessem melhorar a qualidade de vida dos empregados e facilitar os meios para seu aperfeiçoamento cultural e profissional.
A primeira unidade surgiu no Rio de Janeiro, no bairro do Engenho de Dentro, com oferta de assistência a maternidade, infância e combate a tuberculose. De lá pra cá, as ações se multiplicaram, dentro de um estudo constante guiado pelas necessidades de seus mais diversos públicos e suas características regionais.
No final da década de 1940 surgem as primeiras colônias de férias, que com o passar dos anos se multiplicariam, constituindo hoje a rede do Turismo Social. O período é de modernização e ampliação, com a implantação de diversos centros de atividades, que concentravam as ações da Instituição e funcionavam como espaços de convivência e confraternização.
Na década de 1960, o Sesc expande seus serviços para além dos muros com as primeiras unidades móveis, um trabalho que cresceu e hoje amplia a área de atuação da instituição contemplando ações de saúde, lazer, nutrição e cultura. Ainda nesta época, o Sesc lança uma atividade pioneira: o Trabalho Social com Idosos, dedicando atenção a uma parcela da sociedade cada vez mais esquecida e trabalhando no resgate de sua autoestima.
A partir da década de 1980, surgem os projetos nacionais. Compartilhados com todos os Departamentos Regionais, eles não só aumentam a abrangência de atuação da Instituição, como também fortalecem as ações, marcando a importância da capilaridade do Sesc no País. Palco Giratório, Sonora Brasil, Arte Sesc, Brincando nas Férias, Sesc Ciência e Mesa Brasil Sesc são alguns exemplos.
Nessas sete décadas, o Sesc montou uma grande estrutura física em todo o País, que possibilita a oferta de seus diversos serviços com excelência. São 532 unidades fixas e 155 unidades móveis. No comando desta rede existem aproximadamente 35 mil colaboradores, profissionais que constantemente se aprimoram dentro de suas áreas de atuação, de forma a acompanhar a evolução da sociedade e as demandas do público.
A Instituição detém as maiores redes de teatro e biblioteca no Brasil e é referência na questão dos bancos de alimentos. Na área educacional, atende a todos os segmentos, desde a Educação Infantil, ao Ensino Médio e a Educação de Jovens e Adultos, tendo ainda lançado em 2008 a inovadora Escola Sesc de Ensino Médio.
Localizada no Rio de Janeiro, a escola-residência oferece um conceito inovador de educação, recebendo alunos de todos os estados. A Estância Ecológica Sesc Pantanal é seu principal braço ambiental. A maior Reserva Particular de Patrimônio Natural do País protege e preserva um dos estuários mais ricos do planeta.