single-post

Georgeo: ?O Plenário precisa debater sobre todos os projetos que tramitam na Casa?

15/02/2016

Após um longo recesso, a Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe retorna às suas atividades na tarde da próxima segunda-feira, 15. Para o deputado estadual Georgeo Passos, PTC, esta será uma oportunidade do Parlamento reafirmar o seu compromisso com a população. ?O ano de 2015 não foi tão bom em termos de produção. No entanto, era o primeiro ano de legislatura. Acredito que 2016 as coisas possam ser bem diferentes. O povo sergipano espera isso de nós?, analisou o parlamentar. No entanto, para que isso aconteça, Georgeo lembra que a Assembleia precisa discutir os projetos relevantes para a sociedade. ?No ano passado, apresentei propostas importantes como a PEC da Ficha Limpa e PL da Impessoalidade. Ambas estão paradas, o que é de se lamentar?, criticou. A Proposta de Emenda Constitucional da Ficha Limpa pretende impedir que pessoas condenadas judicialmente possam assumir cargos públicos. Já o Projeto de Lei da Impessoalidade, deseja obrigar que a confecção de material de divulgação da área administrativa contenha somente os símbolos oficiais do Estado, não podendo contar nomes e símbolos que caracterizem promoção pessoal. ?São projetos importantes para moralizar a administração e que poderiam estar tramitando, mas que infelizmente estão parados. Esperamos que eles possam andar este ano?, cobrou o parlamentar. ?Além desses projetos, temos que debater a atualização da Constituição Estadual, o Plano Diretor dos Transportes e uma proposta de Lei da Transparência Estadual. É preciso também discutir a questão da Previdência dos Servidores Estaduais, a reforma da Legislação da Polícia Militar e dos Bombeiros Militares, e os problemas da educação, da saúde e da segurança pública, entre outros?, completou Georgeo. PRODUÇÃO Em seu ano de estreia na Alese, Georgeo Passos apresentou 112 Requerimentos, 50 Emendas à Projetos, 35 indicações, oito Projetos de Lei e duas Propostas de Emenda à Constituição. Para 2016, ele faz um prognóstico otimista. ?Quero continuar fazendo uma política do meu jeito e pretendo produzir ainda mais. Com a experiência que conquistamos, espero ir além e fazer ainda mais pelo povo. Logicamente que para isso, contamos com o apoio dos nossos pares?, garantiu. Como membro da oposição, o parlamentar também promete continuar acompanhando as atividades do Poder Executivo, Judiciário, Ministério Público, Tribunal de Contas e onde mais houver utilização de recursos públicos. ?Vamos ficar de olho e cobrar quando for necessário?, assegurou.