single-post

Georgeo Passos participa de evento sobre combate a corrupção

27/04/2016

O deputado estadual Georgeo Passos, PTC, participa nesta quarta-feira, 27, do Encontro Ítalo-Brasileiro: Operação Mãos Limpas e Combate à Corrupção, evento realizado no auditório do Superior Tribunal de Justiça, em Brasília. O encontro, promovido pelo Conselho da Justiça Federal, em parceria com o Superior Tribunal de Justiça, pretende oferecer conhecimento e debater temas relevantes e atuais de interesse dos ordenamentos jurídicos brasileiro e italiano, em caráter comparado. Serão realizadas conferências sobre o combate à corrupção na Itália e no Brasil e também a assinatura de um convênio de cooperação entre o Centro de Estudos Judiciários ? CEJ ? e a Escola Nacional de Formação de Magistrados ? Enfam ? com a Universidade de Bolonha. Diversas autoridades participam do evento, entre elas os ministros Francisco Falcão, presidente do Superior Tribunal de Justiça, Og Fernandes, corregedor-geral da Justiça Federal, Humberto Martins, diretor-geral da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados Ministro Sávio de Figueiredo Teixeira, e dos professores Luca Mezzetti, diretor da Escola Superior de Estudos Jurídicos da Universidade de Bolonha, e Giovanni Luchetti, diretor da Faculdade de Direito da Universidade de Bolonha. Para Georgeo Passos, um evento como esse, com a assinatura de um convênio entre os países, será benéfico no combate à corrupção. ?Neste momento que o Brasil vive uma grande luta contra esse mal, é importante a troca de informações. Na Itália, através da Operação Mãos Limpas, eles conseguiram punir corruptos e servem de exemplo para o mundo todo. Só temos a ganhar?, afirmou. ?Nós, enquanto parlamentares, estamos aqui para aprender um pouco mais sobre técnicas ? algumas, inclusive, utilizadas na Operação Mãos Limpas, na Itália. Com certeza uma grande experiência e que contribuirá para desempenhar a nossa missão enquanto deputado no Estado de Sergipe?, completou. OPERAÇÃO MÃOS LIMPAS A Operação Mãos Limpas ? ou Mani Pulite ? foi uma grande investigação judicial realizada na Itália, na década de 1990, considerada uma das maiores da história europeia. O objetivo foi esclarecer casos de corrupção no País que desarticulou relações ilícitas entre políticos e empresários. Ao todo, cerca de 5 mil pessoas foram investigadas, entre elas empresários, políticos e funcionários públicos, com a condenação de cerca de um terço desse montante. A Operação culminou com o fim da chamada Primeira República e chegou a extinguir partidos políticos italianos.