single-post

Georgeo Passos propõe CPI para investigar Proinvest

02/04/2018

O deputado estadual Georgeo Passos usou o grande expediente da sessão plenária desta segunda-feira, 2, para comentar novamente as declarações do governador Jackson Barreto (PMDB) de que quando assumiu o Governo não encontrou os recursos do Proinvest. Georgeo destacou a gravidade desta afirmação e sugeriu que seja formada uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o que houve com os recursos do empréstimo adquirido em 2013. ?É hora desta Casa se posicionar e fazer o seu papel. Se os órgãos de controle não estão fiscalizando, que seja formada uma CPI para que averiguemos o que houve. Será que mais uma vez os agentes públicos não serão punidos pelos seus atos? A Assembleia vai deixar de cumprir a sua obrigação de fiscalizar e se omitir diante de mais um ilícito??, questionou Georgeo. ?Precisamos apurar as decisões desses gestores. Quero conclamar aos colegas que façamos a nossa parte. Ou se não, fechemos o Parlamento, já que não estamos fiscalizando. Se não fizermos isso agora, vamos passar uma imagem de omissão. Uma Casa que sempre agiu com responsabilidade, que buscou a verdade e a transparência?, completou o deputado. Georgeo criticou ainda a dificuldade de conseguir informações junto ao Governo sobre a utilização da primeira parcela do empréstimo, paga pela Caixa Econômica em 2013. ?O Proinvest sempre foi tratado como algo sigiloso, onde não conseguimos as informações mesmo elas sendo públicas?, lamentou. Ainda assim, o deputado garantiu que vai continuar solicitando os dados. ?Se eles têm a certeza de que usou os R$ 257 milhões da primeira parcela do Proinvest de maneira correta, que sejam transparentes e nos enviem as informações. Toda a sociedade precisa saber o que aconteceu com os recursos que foram parar na conta única do Estado e também com as obras que deveriam ser realizadas. E se for preciso, a CPI irá buscar essas informações?, finalizou o deputado.