single-post

Georgeo questiona se Governo quer compactuar com a corrupção

05/10/2017

O deputado estadual Georgeo Passos (PTC), líder da oposição na Assembleia Legislativa, usou o pequeno expediente da sessão plenária desta quinta-feira, 5, para criticar o Governo do Estado pelas exonerações dos delegados Danielle Garcia e Gabriel Nogueira do Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária Administração Pública (Deotap). Daniele e Gabriel tiveram importante atuação à frente de operações policiais de combate a crimes de corrupção no Estado. Para Georgeo, essa medida do Governo pode significar o desmonte de todo o trabalho realizado por eles em Sergipe. ?Isso acontece por que mexeram com muita gente ? de políticos a grandes empresários, sendo que alguns acabaram presos. Com essas exonerações, o Governo mostra que não quer acabar com a corrupção em Sergipe. Será se querem compactuar com este crime??, questionou o deputado. ?O governo usou da sua força para desconstituir um dos setores que mais colaboravam com a sociedade sergipana. Infelizmente, é o desmonte de um importante órgão de investigação policial. Desde o primeiro semestre, com a mudança na cúpula da SSP, que as investigações já não aconteciam como antes. O Deotap parou de ter seu curso normal e não conseguiu realizar grandes operações como acontecia antes?, completou Georgeo. O parlamentar aproveitou para se solidarizar com os delegados e pediu para que a próxima coordenadora da Delegacia tenha liberdade para fazer o trabalho necessário para combater a corrupção em Sergipe. ?É isso que o povo pede neste momento: que esse crime seja extirpado de maneira definitiva. Esperamos que a autoridade policial que for assumir o Deotap tenha todo o apoio para que o combate aos crimes contra a administração pública aconteça de forma efetiva?, finalizou Georgeo. FOTO: Jadilson Simões / Agência Alese