single-post

Deputados aprovam pedido de informações de Georgeo sobre Covid19

15/04/2020

O requerimento protocolado pelo deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania), em que ele solicitou informações ao governador Belivaldo Chagas sobre as medidas que o Governo pretende adotar para minimizar as perdas no setor produtivo e empresarial de Sergipe, por causa da paralização das atividades em virtude do isolamento social adotado para combater o avanço da Covid19, foi aprovado na votação desta quarta-feira (15),que aconteceu na Assembleia Legislativa.

Neste mesmo requerimento, o parlamentar também pediu informações sobre o andamento das ações relacionadas à preparação da saúde para conter o avanço da Covid19. Ele questionou sobre os novos leitos de UTI, onde e quando eles estarão disponibilizados para a população que vai precisar deles e também a quantidade de testes que o Estado adquiriu e quantos serão repassados aos municípios sergipanos.

Outro tópico levantado pelo deputado Georgeo Passos no requerimento, foi quais serão as medidas do governador para os trabalhadores autônomos e os que vivem na informalidade. Segundo o deputado, “eles serão os mais afetados pelo isolamento e o Governo precisa ajudar de alguma forma neste momento tão delicado”. Para ele, o Governo precisa propor ações que os proteja enquanto durar o isolamento social.

“Sabemos da importância do isolamento, mas precisamos também combater os efeitos dessa paralisação na economia do Estado. E para isso, o governador precisa pensar e adotar medidas que possam proteger o setor produtivo e empresarial de Sergipe, inclusive vendo a possibilidade de reabrir alguns setores do comércio. É importante que estejamos preparados para os efeitos na saúde e na economia de Sergipe”.

O requerimento de autoria do deputado Georgeo Passos, foi protocolado ainda no começo do mês de abril. “Esse requerimento foi protocolado ainda no inicio de abril, há algum tempo, mas, conversamos com o presidente Luciano Bispo (MDB), e achamos melhor dar um tempo para que o Estado iniciasse algumas ações. É um pedido de informações e vamos esperar a posição do Governo, que ele responda com transparência todos os nossos questionamentos”.