single-post

Georgeo e Cabo Didi pedem informações a Secretaria Municipal de Saúde sobre funcionamento da rede durante a pandemia

24/06/2020

O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) em parceria com o vereador por Aracaju, Cabo Didi (PSC) enviaram um ofício para a Secretária Municipal de Saúde, Waneska de Souza Barbosa solicitando informações sobre os leitos e ações eficazes no combate ao novo Coronavírus em Aracaju.

Dentre as informações solicitadas pelos parlamentares estão a quantidade atualizada de leitos de UTI contratados pela prefeitura para serem disponibilizadas para a Covid19. “É importante sabermos exatamente quantas UTI’s temos em toda a rede de saúde. Queremos saber onde estão os leitos que foram contratados pela prefeitura para o combate ao novo Coronavírus e por isso, eu e o vereador Cabo Didi protocolamos este ofício”, explica Georgeo Passos.

Além disso, o deputado e o vereador também questionaram a Secretária Waneska acerca da equipe que atua na linha de frente de combate a Covid19, sobre o protocolo de recebimento dos equipamentos de proteção individual (EPIs), bem como se a rede materna e pediátrica destinadas para pacientes infectados estavam sendo assistidas e quantos leitos ainda existem disponíveis para esses pacientes.

“Essas e outras informações não estão colocadas de forma clara para a população. A secretaria precisa ser transparente e nós como parlamentares podemos, através de nossos mandatos, reunir os dados necessários para estes esclarecimentos.  Esperamos que a secretaria nos dê um retorno sobre esses questionamentos o mais rápido possível”, pontua o deputado.

O vereador Cabo Didi disse que é muito importante neste momento manter a sociedade informada sobre o que está acontecendo. “É um momento delicado, onde muitas famílias estão sofrendo por causa da pandemia. Por isso, nós precisamos acompanhar de perto todo o processo de ações realizadas para combater a Covid19 e principalmente, deixar os aracajuanos informados sobre tudo o que está acontecendo”.

Georgeo Passos também lamentou a postura da Prefeitura Municipal em construir um hospital sem leitos de UTIs deixando toda a responsabilidade somente a cargo do Governo do Estado. “É lamentável que a prefeitura de Aracaju fique de braços cruzados neste momento tão crítico e deixe toda a responsabilidade para o Estado. Entregar um hospital de campanha sem ter nenhum leito foi um absurdo. Aracaju é cidade que mais tem pessoas infectadas e na minha visão, a prefeitura está sendo omissa com os aracajuanos neste momento”.