single-post

?Se o líder da bancada governista não quer muito trabalho, então que o Governo comece a trabalhar? diz Georgeo

17/02/2016

O deputado Georgeo Passos, PTC, vice-líder do bloco de oposição, se mostrou preocupado após leitura da mensagem feita pelo governador Jackson Barreto, feita durante o retorno das atividades na Assembleia Legislativa, na tarde da última segunda-feira, 15. Para o parlamentar, o chefe do executivo se mostrou otimista demais. ?Isso é preocupante. Parecia que ele estava falando de outro Estado, uma vez que falou novamente da crise ? a justificativa de sempre ?, mas não tocou nos principais problemas que Sergipe enfrenta. O povo e o Legislativo querem explicações e soluções?, criticou Georgeo. Segundo o deputado, o governador poderia ter falado sobre os temas mais urgentes, como por exemplo, a falta de reajuste salarial dos servidores públicos nos últimos anos. ?Ele sequer tocou nesse tema. Em nenhuma linha do seu discurso houve sequer uma preocupação sobre este ponto?, lembrou. Outro tema não abordado por JB foi o rombo na Previdência Estadual. ?É um tema recorrente, um problema que todos conhecem e que o governador vive se lamentando. Mas em sua mensagem, ele não toca no assunto. Ele preferiu fugir em vez de dar explicações para os problemas reais que o Estado enfrenta. Foi uma mera prestação de contas vazia?, lamentou. O parlamentar questionou ainda a justificativa do governador de que o Estado estaria passando por dificuldades devido a uma queda no repasse do Fundo de Participação dos Estados ? FPE. ?Ele disse em sua mensagem que o FPE diminuiu no último ano ? o que não é verdade. Em 2014, Sergipe recebeu um repasse de pouco mais de R$ 3 bilhões, enquanto em 2015 essa quantia foi de R$ 3,17 bilhões. Só com o ICMS, em 2015, o aumento foi de mais de R$ 100 milhões, levando-se em consideração o ano anterior. Eles alegam que o aumento não contempla a inflação. Oras: e para o servidor, eles estão repondo a inflação??, questiona. Georgeo analisa que se houvesse vontade para administrar, certamente as coisas estariam melhores em Sergipe. Contudo, o deputado afirma que o foco do governador é outro. ?Seria muito bom se ele administrasse o Estado com a mesma vontade com que está cuidando da eleição para Aracaju. Ele deveria se preocupar menos com a política e mais com Sergipe. Seria muito bom, mas vemos que administrar não é a praia dele. Por isso, enquanto oposição, eu afirmo: se o líder da bancada governista quer que a gente não dê trabalho, então que o Governo comece a trabalhar?, criticou.