single-post

Sem repassar valor de convênios, Governo dá calote em Municípios Sergipanos, diz Georgeo

03/10/2017

O deputado estadual Georgeo Passos (PTC), líder da oposição na Assembleia Legislativa, usou o grande expediente da sessão plenária desta terça-feira, 3, para criticar o descaso do Governo do Estado com os municípios sergipanos. O parlamentar mostrou que o Executivo não tem honrado compromissos feitos com as Prefeituras na área de educação. Georgeo reclamou mais uma vez do atraso nos repasses dos convênios entre o Estado (SEED) e os municípios para o transporte de estudantes da rede estadual. Um exemplo é o de Ribeirópolis, onde das 10 parcelas previstas para este ano, o Governo só pagou uma até o mês de setembro ? o que tem causado prejuízos. ?A Prefeitura tem arcado com um custo sendo que a obrigação de fornecer esse serviço é do Estado?, comentou. ?Os municípios irão tomar mais um calote. No ano passado, de 10 parcelas previstas só pagaram 5. Agora, faltam apenas 4 meses para o ano acabar e o Governo não deve honrar esse compromisso novamente. Em um momento tão delicado, fica difícil manter essa parceria. Não dá para as Prefeituras tomarem o calote e ficarem aguentando essa situação?, alertou o deputado. Diante da situação, segundo o parlamentar, a gestão de Ribeirópolis já está se preparando para não renovar esse convênio com o Governo para o próximo ano. ?O prefeito Antônio Passos deve fazer essa notificação a Secretaria de Educação logo em breve. Como o Município não tem como arcar com esse prejuízo, a partir do ano que vem, vai ser feito o transporte dos estudantes da rede municipal apenas, que é a obrigação municipal?, afirmou. Ambulância Ainda em sua fala, Georgeo criticou o descaso do Governo em relação a saúde. Ele lembrou que a base da Samu em Ribeirópolis está sem ambulância há alguns meses e que o Estado nada tem feito para solucionar essa questão. ?É um problema muito grande e que pode representar a perda de algumas vidas?, assegurou. ?A ambulância estava quebrada e foi retirada para conserto. No 1º semestre deste ano, pedimos várias vezes o retorno. Já se passaram mais de 90 dias e o veículo ainda não voltou para a cidade. Ribeirópolis é base da nossa região e está sem ambulância. Fazemos o apelo para que o governo e o Samu possam enviar de volta a ambulância e deixar nossa região guarnecida?, disse Georgeo. O parlamentar lembrou que já cobrou por diversas vezes atitude do Governo, mas que isso não tem surtido efeito. ?Já ocupamos a tribuna mais de uma vez para trazer esses temas. Mas, infelizmente, a voz que sai da Assembleia não está sendo ouvida. Cobramos que os serviços básicos funcionem, mas quase nada é feito. Percebemos que estão preocupados mesmo é com a eleição do próximo ano, no entanto, até lá muita coisa precisa ser feita?, finalizou o deputado. FOTO: Jadilson Simões / Agência Alese